Não é uma volta...

Posted on sexta-feira, 23 de julho de 2010 by Ewerton Fintelman | 0 comentários
Marcadores:

Não voltarei ao Rio de Janeiro. Isso porque o Ewerton que decolou naquela aeronave no início do ano ficou pelos ares do Brasil, como se tivesse se dissipado ao pisar em solo amazonense. Os ares da selva amazônica parece que renovaram com toda a força o "eu lírico" da epopeia da vida louca.

Como será ver pela frente um presente que na verdade é passado? E pior, como construir um futuro em cima disso? Acredito que é hora de conhecer pessoas novas e enterrar cadáveres que se decompõem ao meu lado. Os amigos de verdade, esses eu quero conhecer todo dia. Quem passou, só passou. Como diria mestre Thijs Van Leer, apenas uma vez na vida a Mescalina. Entendam como quiser, ou refutem como puder.

A experiência nesses meses no Amazonas foi única. Intensa demais. E quanto mais intenso, mais interessante é, não? Sabe quando as lembranças boas sufocam os dissabores? Nem lembro do que aconteceu de ruim nesses últimos meses. E quero que continue assim, mesmo longe. No Rio de Janeiro pelo menos eu posso me trancar no quarto e ter tudo que eu quero e não quero, simplesmente esquecer de tudo ruim lá fora. Mas quem disse que eu vou construir algo ruim? Volto diferente, mesmo não esquecendo o passado que me atormenta. Mas sigo tentando e vou conseguir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário