Copa do Mundo

Posted on segunda-feira, 14 de junho de 2010 by Ewerton Fintelman | 0 comentários
Marcadores: ,

Direto ao ponto: ODEIO a Copa do Mundo de Futebol. Acho totalmente contrasensorial o país parar para assistir a um simples jogo de futebol que em nada nos acrescenta. É ilógico perder tempo útil torcendo para onze homens, cuja representatividade brasileira é tão figurativa que causa náuseas a quem analisa de forma mais patriótica, isto é, os elementos que representam o Brasil em sua maioria vivem fora do país. Como isso é possível?

E o brasileiro deixa de ganhar sua vida para ver e vibrar com isso. Desculpem, mas eu não tenho estômago suficiente para ser demagogo a tal ponto. Um dia já fui bobo, mas meu senso crítico me fez notar a tamanha besteira que é perder o tempo se estressando com o futebol.

Tenho tanta aversão a seleção brasileira ao ponto de torcer contra ela, independente da seleção que jogar contra. E pela terceira Copa do Mundo torcerei contra essa seleção de "brasileiros". Torço para o sucesso da seleção de meus descendentes, de meus avós, a Alemanha. Asseguro que os Fintelman possuem mais honra ao seu pais que o meu genoma Oliveira. A Alemanha, por sua vez, possui todos os jogadores atuando na Alemanha. Você vê garra, amor à pátria. Na seleção "brasileira", vê-se uma guerra de egos incessante.

Agora pensa que eu paro a vida para ver os jogos da Alemanha? Nunca. Se tiver em casa com tempo vago, até vejo, mas a minha vida segue e só perderei parando pro futebol. Eles ganham, o país perde.

Que chegue logo o fim desta competição para que o Brasil volte a viver sua realidade! E não demore!

Nenhum comentário:

Postar um comentário