Pré-biótico

Posted on terça-feira, 11 de maio de 2010 by Ewerton Fintelman | 0 comentários
Marcadores:

Esse primeiro post nasceu de uma música. Vingança, pra ser mais exato. Não sei de quê, nem de quem, mas simplesmente o post nasceu antes do blog. Nesse momento uma música acaba e a estou repetindo. Tudo isso para que flua melhor minha mente. Escrevo esse post sem o blog ainda, mas a idéia já está toda aqui. Não sei também porque resolvi contar minha vida aqui, mas é só um modo de desabafar com o nada, até porque ninguém vai ter paciência pra ler mesmo. Quero escrever aqui também pra desafogar um pouco o twitter quando a coisa for grande demais pra lá.

São 23:40 aqui na capital amazonense, mas meu pensamento está em outro fuso horário. E não é o de Brasília. Nesse momento, mudo de música e agora ouço Love Remembered. Tudo isso só resume um pouco do que sou escrevendo: o que intercala pretérito, presente e futuro, o que torna concordâncias em paradoxo, o que parece complicar o fácil, o que torna específico o mais básico. Simplesmente o perfeccionista. Falarei de coisas boas, ruins, agradáveis ou não, mas prometo só falar a mais pura verdade, afinal, não vou me enganar.

Vou me apresentar pra quem me achou perdido por aí. Ewerton Fintelman, carioca, corinthiano, viciado em música, fã incondicional do Focus, do Thijs Van Leer e do Gong, estudante de Biologia, cientista sem ciência e tecladista e compositor nas horas vagas, não necessariamente nessa ordem.

São 23:52, e antes de eu ajeitar minha vida virtual, preciso ir dormir que amanhã na faculdade a aula será cansativa e sei que mais tarde terei tempo pra tentar jogar esse blog no ar. Caso contrário, esse post aqui vai ser publicado mais que atrasado.

No mais, sou Ewerton Fintelman, tome nota!

Nenhum comentário:

Postar um comentário